Empresa


Apresentação e atividade da Lissa


A LISSA – Agencia Despachos e Trânsitos, Lda., com sede única e sem filiais, na Rua Leopoldo de Almeida, nº 8A - 1º andar – 1750 – 138 Lisboa, foi fundada em 24 de Abril de 1974.

A LISSA é o transitário exclusivo do Exercito Português, da Força Aérea Portuguesa, da Marinha Portuguesa e tem prestado serviços de transitários, entre muitas outras entidades, ao Arsenal do Alfeite e ao CINCSOUTHLANT, nomeadamente nos exercícios “Linked Seas 95; 97; e 2000”, “Strong Resolve 98”, Cooperative Support 97, 99 e 2000”, os quais foram sempre efectuados com o máximo empenho e eficácia. Utilizando os nossos agentes mundiais, temos de facto, sempre obtido o melhor serviço e apoio directo em todas as vertentes, assim como a plena defesa dos interesses das partes envolvidas. No passado mais longínquo constatam-se clientes como a Fábrica Nacional de Munições; Fabrica de Explosivos da Trafaria; Fundição de Oeiras, principalmente.

Esta extensa gama de acções exige pessoal com “Know-How” próprio, para a coordenação de todos esses meios com vista à entrega do material no cliente, ou por deste noutro local, nas mais remotas paragens do mundo.

     

Descrição do Transitário


Um Transitário é um Profissional que...

- Coordena e organiza todas as operações, tratando as mercadorias como se fossem suas.
- Recebeu uma formação técnica
- Frequentou cursos IATA, especiais para Mercadorias Perigosas, etc.
- É poliglota.
- Domina as questões financeiras/cambiais e aduaneiras.
-Conhece todas as regras do comércio externo e todos os meandros do transporte internacional e multimodal.
- Dispõe de uma extensa organização
- Tem correspondentes nos principais portos, aeroportos e cidades do mundo, assim como redes, representantes, filiais e sucursais em localidades diferentes.
- Viaja constantemente para conhecer, actualizar e verificar os seus conhecimentos e contactos.
- Conhece os fluxos dos tráfegos e tem Agentes disponíveis em todo o mundo.
- É responsável pelos seus actos
Exerce a actividade de acordo com as leis vigentes em cada país (em Portugal: o Dec. Lei nº 255/99 de 7 Julho).
- Dispõe de todas as licenças administrativas necessárias, efectua todo o tipo de seguros, garante a sua responsabilidade civil e, mediante declaração prévia e aceitação expressa, cobre o valor total das remessas.